Digite a sua pesquisa

Carregando...

CURSO DE CAPACITAÇÃO NA ÁREA HOSPITALAR

ATENÇÃO:
VISITE O SITE WWW.GRUPOPAAAI.COM.BR - ESTAMOS OFERECENDO CURSOS E ORIENTAÇÕES EM ANALISE CLINICA E SAÚDE EM GERAL.

Postagens populares

domingo, 24 de maio de 2009

VIDRARIAS

VIDRARIAS
ALMOFARIZ COM PISTILO† †BALÃO DE FUNDO CHATO† †BALÃO DE FUNDO REDONDO† †BALÃO VOLUMÉTRICO† †BECKER† †BURETA† †CADINHO† †CÁPSULA DE PORCELANA† †CONDENSADOR† †DESSECADOR† †ERLENMEYER††FUNIL DE BUCHNER† †FUNIL DE DECANTAÇÃO† †FUNIL DE VIDRO† †KITASSATO††PIPETA GRADUADA† †PIPETA VOLUMÉTRICA††PROVETA† †TUBO DE ENSAIO††VIDRO DE RELÓGIO
OUTROS EQUIPAMENTOS
ANEL OU ARGOLA† †BALANÇA DIGITAL† †BICO DE BUNSEN† †ESTANTE PARA TUBOS DE ENSAIO† †GARRA DE CONDENSADOR† †PINÇA DE MADEIRA† †PINÇA METÁLICA† †PISSETA††SUPORTE UNIVERSAL† †TELA DE AMIANTO† †TRIPÉ
VIDRARIAS
ALMOFARIZ COM PISTILO †
Usado na trituração e pulverização de sólidos.



BALÃO DE FUNDO CHATO
Utilizado como recipiente para conter líquidos ou soluções, ou mesmo, fazer reações com desprendimento de gases. Pode ser aquecido sobre o TRIPÉ com TELA DE AMIANTO.



BALÃO DE FUNDO REDONDO

BALÃO VOLUMÉTRICO
Possui volume definido e é utilizado para o preparo de soluções em laboratório.FOTO



BECKER
É de uso geral em laboratório. Serve para fazer reações entre soluções, dissolver substâncias sólidas, efetuar reações de precipitação e aquecer líquidos. Pode ser aquecido sobre a TELA DE AMIANTO.



BURETA
Aparelho utilizado em análises volumétricas.


CADINHO
Peça geralmente de porcelana cuja utilidade é aquecer substâncias a seco e com grande intensidade, por isto pode ser levado diretamente ao BICO DE BUNSEN.


CÁPSULA DE PORCELANA
Peça de porcelana usada para evaporar líquidos das soluções.



CONDENSADOR
Utilizado na destilação, tem como finalidade condensar vapores gerados pelo aquecimento de líquidos.



DESSECADOR
Usado para guardar substâncias em atmosfera com baixo índice de umidade.



ERLENMEYER
Utilizado em titulações, aquecimento de líquidos e para dissolver substâncias e proceder reações entre soluções.



FUNIL DE BUCHNER
Utilizado em filtrações a vácuo. Pode ser usado com a função de FILTRO em conjunto com o KITASSATO.



FUNIL DE SEPARAÇÃO
Utilizado na separação de líquidos não miscíveis e na extração líquido/líquido. FOTO.



FUNIL DE HASTE LONGA
Usado na filtração e para retenção de partículas sólidas. Não deve ser aquecido.



KITASSATO
Utilizado em conjunto com o FUNIL DE BUCHNER em FILTRAÇÕES a vácuo.



PIPETA GRADUADA
Utilizada para medir pequenos volumes. Mede volumes variáveis. Não pode ser aquecida.



PIPETA VOLUMÉTRICA
Usada para medir e transferir volume de líquidos. Não pode ser aquecida pois possui grande precisão de medida.



PROVETA OU CILINDRO GRADUADO
Serve para medir e transferir volumes de líquidos. Não pode ser aquecida.



TUBO DE ENSAIO
Empregado para fazer reações em pequena escala, principalmente em testes de reação em geral. Pode ser aquecido com movimentos circulares e com cuidado diretamente sob a chama do BICO DE BÜNSEN. FOTO.

VIDRO DE RELÓGIO
Peça de Vidro de forma côncava, é usada em análises e evaporações. Não pode ser aquecida diretamente.


OUTROS EQUIPAMENTOS
ANEL OU ARGOLA
Usado como suporte do funil na filtração.



BALANÇA DIGITAL
Para a medida de massa de sólidos e líquidos não voláteis com grande precisão. FOTO.



BICO DE BÜNSEN
É a fonte de aquecimento mais utilizada em laboratório. Mas contemporaneamente tem sido substituído pelas MANTAS E CHAPAS DE AQUECIMENTO.


ESTANTE PARA TUBO DE ENSAIO
É usada para suporte de os TUBOS DE ENSAIO.


GARRA DE CONDENSADOR
Usada para prender o condensador à haste do suporte ou outras peças como balões, erlenmeyers etc.


PINÇA DE MADEIRA
Usada para prender o TUBO DE ENSAIO durante o aquecimento.


PINÇA METÁLICA
Usada para manipular objetos aquecidos.


PISSETA OU FRASCO LAVADOR †
Usada para lavagens de materiais ou recipientes através de jatos de água, álcool ou outros solventes.

SUPORTE UNIVERSAL
Utilizado em operações como: Filtração, Suporte para Condensador, Bureta, Sistemas de Destilação etc. Serve também para sustentar peças em geral.


TELA DE AMIANTO
Suporte para as peças a serem aquecidas. A função do amianto é distribuir uniformemente o calor recebido pelo BICO DE BUNSEN.



TRIPÉ
Sustentáculo para efetuar aquecimentos de soluções em vidrarias diversas de laboratório. É utilizado em conjunto com a TELA DE AMIANTO.


O que é diluição?
Ato físico-químico de tornar uma solução menos concentrada em partículas de soluto através do aumento da quantidade de solvente nesta. A diluição depende do factor de diluição (número de vezes que a concentração da solução vai diminuir).
Solução:
A solução ainda pode ser caracterizada por formar um sistema homogêneo (a olho nu e ao microscópio), por ser impossível separar o disperso do dispersante por processos físicos.
As soluções compostas por moléculas ou íons comuns. Podem envolver sólidos, líquidos ou gases como dispersantes (chamados de solventes – existentes em maior quantidade na solução) e como dispersos (solutos). A solução também pode apresentar-se nesses três estados da matéria.
Soluto:
Se chama soluto ou disperso à substância minoritária numa solução ou, em geral, a substância de interesse.
O mais habitual é que se trate de um sólido contido numa solução líquida (sem que se forme uma segunda fase).
Solvente:
Solventes são substâncias capazes de dissolver coisas. Via de regra todo solvente é uma substância altamente volátil, isto é, que se evapora facilmente, daí é que pode ser inalada (introduzida no organismo através da aspiração, pelo nariz ou boca). Outra característica da maioria dos solventes é a de serem inflamáveis, isto é, pegam fogo facilmente.
Se denomina solvente, dissolvente ou dispersante aquela substância que permite a dispersão de outra substância em seu seio . Normalmente o dissolvente estabelece o estado físico da dissolução. Por isso, se diz que o dissolvente é o componente de uma dissolução que está no mesmo estado físico que a dissolução. Numa dissolução de água e sal de cozinha, a água é o solvente porque dispersa no seu seio o sal.
A água é um solvente inorgânico, chamado frequentemente de "solvente universal" pois é usado para dissolver muitas substâncias.
Principais medidas utilizadas em laboratorios.
Volume, ml
Mililitro é o volume equivalente a um milésimo do litro. Equivale a um centímetro cúbico (normalmente de algum fluido). Sua unidade de medida é o ml (ex.: 1ml, 500ml etc), e normalmente se expressa esta unidade erroneamente dizendo-se "eme-ele" (pronunciando-se ême-éle).
s medidas precisas são necessárias na medicina. Por exemplo, elas são úteis em exames laboratoriais que mensuram diferentes substâncias com o objetivo de avaliar a saúde de um paciente ou de estabelecer um diagnóstico. A unidade de medida pode variar de acordo com a substância analisada. Usualmente, utiliza-se o sistema métrico, o qual é baseado nos múltiplos de 10, para medir massa, volume e comprimento. A massa (quantidade de matéria de um corpo) mensurada em gramas. A massa similar ao peso, mas este afetado pela força da gravidade. O volume (quantidade de espaço ocupado por um corpo) mensurado em litros. O comprimento mensurado em metros.Para facilitar e tornar mais clara a leitura das cifras, os prefixos indicativos dos múltiplos de 10 correspondentes são anotados após a unidade básica de medida como, por exemplo, metro (m), litro, (L) ou grama (g). Os prefixos comumente utilizados são quilo (k), deci (d), centi (c), mili (m) e micro (µ).
Para converter ml para microlitros basta multiplicar por 1000.
EX: 1,0 ml x 1000 = 1000µl.
Para converter µl em ml basta dividir por 1000.
EX: 1000µl / 1000 =1.0 ml.

Nenhum comentário:

Windows Live Messenger

Loading...